terça-feira, 9 de julho de 2013

Wrestling, luta livre ou telecatch? Qual a diferença das lutas de contato

wrestling-luta-livre-telecatch-tipos-de-lutas-discovery-esportes-thumb

A disseminação do MMA provocou a popularização de diversas artes marciais que servem de base ao novo esporte. Ao acompanhar uma luta de MMA, o fã passa a ter contato com movimentos de jiu-jítsu, boxe, kickboxing, judô e muitos outros estilos que, combinados, geram as Artes Marciais Misturadas (Mixed Martial Arts).


Uma das artes mais importantes na base do MMA é o wrestling. Por ter menor apelo no Brasil em relação ao boxe e jiu-jítsu, por exemplo, as pessoas costumam fazer confusão com os diversos estilos de wrestling, misturando até mesmo o conceito com outras artes marciais. É muito comum a confusão entre wrestling, luta livre, luta greco-romana, luta olímpica, telecatch.

Wrestling é um termo oriundo do inglês antigo que designa pura e simplesmente “luta”. É talvez o mais antigo esporte (o homem aprendeu a correr antes de aprender a lutar, mas a luta foi a primeira a disseminar o conhecimento através de gerações, característica que complementa o significado de esporte) e certamente a mais antiga forma de combate. Especula-se que o homem pratique wrestling, arte marcial que engloba técnicas de queda, clinch, chaves e outros movimentos de luta agarrada, há mais de 15.000 anos.
Assim como várias outras artes marciais, o wrestling também é subdividido em estilos. Os mais conhecidos são o estilo livre e o estilo greco-romano. Ambos fazem parte do programa dos Jogos Olímpicos da Era Moderna – o wrestling estilo greco-romano é um esporte olímpico desde a primeira edição, em 1896, enquanto o estilo livre entrou duas edições depois, em 1904. A principal diferença entre os estilos livre e greco-romano é que o primeiro permite ataque às pernas do adversário, enquanto o segundo só possibilita golpes acima da linha de cintura. No Brasil, o esporte recebeu o nome de luta olímpica. Ou seja, temos a luta olímpica estilo livre e a luta olímpica estilo greco-romano.

Ao lado da palavra “wrestling”, a expressão “luta livre” também é facilmente confundida. Não é correto dizer que são sinônimos, pois não há “luta livre estilo greco-romano” e muito menos “luta livre estilo livre”. Portanto, quando um narrador que transmite uma competição de luta olímpica chama o esporte de luta livre, na verdade ele está se referindo ao estilo livre da luta olímpica.

Quer dizer então que não existe “luta livre”? Sim, existe. Também conhecida como submission (ou submission wrestling), a luta livre esportiva foi desenvolvida no Brasil no século XX tendo como base o wrestling e o judô, e é praticada sem quimono (por este motivo é considerada “mais popular” do que artes marciais que exigem a aquisição de um traje específico). Por muitos anos, os praticantes da luta livre nutriram forte rivalidade com os lutadores de jiu-jítsu. Esta rixa rendeu um evento chamado Desafio Jiu-Jítsu x Luta Livre, transmitido ao vivo em 1991.

Há ainda o telecatch, outra prática comumente confundida com luta livre e wrestling. Telecatch nada mais é do que aqueles espetáculos encenados de luta que fizeram a fama de indivíduos como Teddy Boy Marino. Chamado de professional wrestling nos Estados Unidos, o telecatch é mais uma forma de arte (como o teatro) do que um esporte.

Resumindo: wrestling (chamada de luta olímpica, no Brasil) é uma arte marcial que possui diversos estilos, dentre eles o greco-romano e o livre. Luta livre é uma arte marcial criada no Brasil com base no wrestling. E telecatch é encenação de luta.

Por Alexandre Matos - http://esportes.discoverybrasil.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...